Editorial |
P. Nuno Rosário Fernandes
Liberdade para quê?
<<
1/
>>
Imagem

Por vezes pergunto-me: para que serve a liberdade? Pode parecer estranho, sobretudo questionar a liberdade quando, em tantos lugares, não existe liberdade, ou é limitada, condicionada...

Segundo o dicionário mais consultado na internet, o Wikipédia, a liberdade é a “condição daquele que é livre; é a capacidade de agir de si mesmo, e denota a ausência de submissão e de servidão”. A liberdade está, também, relacionada com o denominado livre arbítrio, questão mais filosófica e teológica que se traduz na vontade livre de escolha, ou seja, nas decisões livres que são dadas por Deus ao Homem.

No entanto, pode colocar-se a questão: a liberdade deve permitir fazer uso dela para fazer o mal? Somos livres de escolher por uma das duas vias, mas se Deus é Amor, e nos criou para o bem, ao dar-nos o livre arbítrio espera, da nossa parte, a prática do bem. Mas também nos permite escolher pelo mal e é por isso que, tantas vezes, usamos mal a liberdade que nos é dada e falhamos no bem, distanciando-nos, assim, de Deus. Por isso, somos livres, mas precisamos saber usar a liberdade que temos. Usamos mal a liberdade quando fazemos o mal, seja ele qual for prejudicando outrem, ou a nós mesmos, e até mesmo a nossa relação de comunhão com Deus. Por seu lado, usamos bem a liberdade quando fazemos o bem, pondo em prática o plano de Deus.

O conceito da liberdade é muito mais do que aqui se pode escrever e pode ter muitas interpretações, a partir do que são determinadas ideologias políticas ou teorias filosóficas, mas nós somos verdadeiramente livres quando somos capazes de escolher, não o que queremos, mas o que Deus quer.

 

Editorial, pelo P. Nuno Rosário Fernandes, diretor

p.nunorfernandes@patriarcado-lisboa.pt

A OPINIÃO DE
P. Manuel Barbosa, scj
1. Em setembro de 2008, cerca de 800 pessoas de todas as Dioceses de Portugal participaram em Fátima...
ver [+]

José Luís Nunes Martins
A vida é feita de inúmeras perdas. Todos os dias o nosso caminho segue enquanto há algo que temos de deixar para trás.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES