Editorial
P. Nuno Rosário Fernandes
Não temos que ser todos iguais
Depois da viagem realizada a África, o Papa Francisco, no regresso a Roma e no decorrer da habitual conferência de imprensa no avião, afirmou que “hoje existem colonizações ideológicas, que querem entrar na cultura dos povos e transformar aquela cultura e homogeneizar a humanidade”.
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
O rapaz que queria ser rapariga
Nos últimos tempos, o tema da ideologia de género tem sido motivo de notícia e de muitas discussões. Porque considero um tema pertinente para o qual precisamos estar atentos, gostaria de recuperar, aqui, um texto que publiquei neste jornal, no ano 2016.
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Fazer das férias Missão
Não aparece nas capas dos jornais, nem abre noticiários, mas Jesus está aí, e bem Vivo, a percorrer aldeias, vilas e cidades, também em tempo de férias. Às vezes pode correr-se o risco de viver Jesus apenas durante o ano, quando os horários organizados...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Contemplar o Amor
Escrevo este texto em Cracóvia, na Polónia, durante a peregrinação que acompanho com a paróquia que me está confiada, Nossa Senhora do Amparo de Benfica, percorrendo os passos de São João Paulo II. É, para mim, uma graça grande poder percorrer estes caminhos,...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Levar a vida a sério
Por vezes, pergunto-me se somos, efetivamente, capazes de levar a vida a sério! E quando falo da vida, refiro-me à vida no seu todo, em tudo o que fazemos e somos, não apenas no que diz respeito à minha vida pessoal, mas ao modo como olho para a vida...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Uma cultura mastigada?
Chegámos ao final do mês de junho e, assim, passou mais um ano pastoral. Na sequência da caminhada sinodal na nossa diocese, e após a publicação da Constituição Sinodal de Lisboa, de dezembro de 2016, este ano foi vivido tendo como tema ‘A liturgia como lugar de encontro’.
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
O editorial que termina sem rimar
Este mês de junho é mês de festas, procissões e de rimas. Rimas de quadras, pensadas e estruturadas para rimar. Porque são três santos que se celebra, em ambiente popular. Santo António de Lisboa é o primeiro, e há tanto da sua vida para valorizar. Mas...
ver [+]
Anterior    7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22      Próximo
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Continuamos a ler os Atos dos Apóstolos, e a acompanhar Paulo e Barnabé no seu percurso: «Naqueles...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
A dor não é uma desgraça, mas uma experiência de amor que, ao unir-nos ao sacrifício de Cristo na Cruz, nos aproxima dos irmãos.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES