Editorial
P. Nuno Rosário Fernandes
“Estender a mão ao pobre” com responsabilidade
A pandemia continua e vai continuar enquanto não houver uma vacina eficaz e a responsabilidade de todos para evitar as possibilidades de contágio. Podemos fazer a nossa vida, adaptada a uma nova normalidade, com responsabilidade, podemos pensar que...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
O desperdício zero que matava a fome
A pandemia trouxe grandes alterações à vida na sociedade. Trouxe o desemprego, o acentuar da pobreza, um maior número de pessoas a solicitar ajudas. Para fazer face à pandemia, muitos tiveram que reinventar as suas vidas, encontrar novas formas de...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
A exceção à regra não pode tornar-se a regra da exceção
Não me meto em políticas e nunca gostei das ‘politiquices’. O Papa Francisco tem lembrado, com alguma frequência, que a política é importante e os cristãos devem estar no meio dela, mas há, muitas vezes, no interior da política, muitas politiquices que não entendemos.
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
O que vejo à janela?
É quarta-feira, dia de fecho de mais uma edição deste jornal e, depois de uma longa noite de chuvas fortes, trazidas pela dita depressão ‘Bárbara’, amanheceu com um céu mais azul, limpo de nuvens. Sentado à secretária, na residência paroquial,...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Dar-se
Um pouco por toda a diocese vão-se procurando iniciar as atividades de um novo ano pastoral. O constrangimento da pandemia que estamos a viver traz limitações, preocupações, angústias, expectativas... Mas, vamos percebendo, sobretudo naqueles que são chamados a servir, uma atitude de esperança.
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Distanciamento social não é afastamento
O tempo que estamos a viver, na especificidade desta pandemia, tem trazido grandes desafios e interpelações ao mundo. Para além de percebemos os efeitos na saúde, estamos a perceber os efeitos colaterais, na economia dos países, na pobreza que aumenta,...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
A vontade de Deus não envergonha
Sou padre católico. Ordenado há dez anos, e com um longo caminho de discernimento vocacional. A minha formação inicial, o jornalismo, trouxe-me até este meio, com diversas experiências de trabalho, e até com oportunidades que, por acreditar no projeto que Deus tinha para mim, não acedi.
ver [+]
Anterior    1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16      Próximo
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Continuamos a ler os Atos dos Apóstolos, e a acompanhar Paulo e Barnabé no seu percurso: «Naqueles...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
A dor não é uma desgraça, mas uma experiência de amor que, ao unir-nos ao sacrifício de Cristo na Cruz, nos aproxima dos irmãos.
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
Galeria de Vídeos
Voz da Verdade
EDIÇÕES ANTERIORES